Jornal antecipa resultado de licitação milionária no Banco do Brasil

Junto a outras duas empresas, Multi Solution ficará responsável por executar contrato de publicidade de R$ 500 milhões em um ano, maior valor já lançado em concorrência pelo governo Michel Temer

Por: Zero Hora

25/04/2017 – 11h17min | Atualizada em 25/04/2017 – 12h19min

 

Quatro dias antes da abertura dos envelopes da licitação para contratar três empresas para gerenciar a publicidade do Banco do Brasil (BB), o nome da primeira colocada já era conhecido, segundo o jornal Folha de S.Paulo. Confirmada à publicação como campeã do processo licitatório de forma antecipada, a agência Multi Solution ficará responsável por executar um contrato de R$ 500 milhões em um ano, junto a outras duas empresas. A concorrência é a de maior valor já lançada pelo governo Michel Temer.

Na quinta-feira, a Folha de S. Paulo registrou em cartório que a Multi Solution estaria entre as vencedoras da licitação e publicou a informação no domingo. Oficialmente, no entanto, as vencedoras do certame só foram anunciadas pelo BB na segunda-feira, quando a Multi Solution foi confirmada como vencedora com ampla margem sobre a segunda e a terceira colocada no licitação, a Nova/sb e a Z+ — enquanto a primeira é tradicional em negócios do setor público, a segunda faz parte de um grupo francês.

Procurado pela reportagem do jornal, o BB afirmou “que o processo de licitação para escolha das novas agências de publicidade obedeceu rigorosamente a legislação” e garantiu que “a definição das vencedoras foi norteada por critérios técnicos”. A Multi Solution nega que tenha sido favorecida no certame.

Além dos 12 meses previstos, as três empresas vencedoras da licitação poderão ter os contratos com o banco estatal prorrogados por outros 60 meses. Neste caso, o valor total pela prestação do serviço de propaganda pode alcançar R$ 2,5 bilhões pagos pelos cofres públicos, sem levar em consideração possíveis reajustes contratuais.

Com a vitória, a Multi Solution obteve o primeiro contrato de licitação com órgão público. Por e-mail, o presidente da empresa, Pedro Queirolo, afirmou que à Folha que a classificação em primeiro lugar “veio para coroar os 20 anos de trabalho da agência”. Outras 13 empresas estavam habilitadas para participar da licitação pela conta de propaganda do BB — entre elas, algumas das principais da área no país, como a Agnelo Pacheco e a Lew Lara.

Posts Recentes