TCU manda suspender licitação para substituição de pardais das rodovias federais.

Contrato atual vence no próximo mês

Por: Jocimar Farina

30/05/2017 – 16h53min | Atualizada em 30/05/2017 – 21h31min

CompartilharE-mailGoogle+TwitterFacebook

Foto: Jocimar Farina / Jocimar Farina

Os controladores de velocidade das rodovias federais deverão ser desligados por tempo indeterminado. O atual contrato vence no mês que vem e a licitação que está sendo realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) foi suspensa na segunda-feira por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). As informações são da Rádio Gaúcha.

O ministro Bruno Dantas determinou que a autarquia suspenda a concorrência até que o pleno do TCU analise o mérito da ação, que foi proposta pela empresa Splice Indústria, Comércio e Serviços Ltda. A decisão foi publicada no mesmo dia que as propostas das empresas interessas seriam recebidas.

Segundo relatório do ministro, há deficiências na licitação. A própria empresa contratada deverá realizar a elaboração de estudos técnicos para identificar a necessidade de implantação de equipamentos de controle de velocidade, a partir de dados de acidentes fornecidos pelo Dnit. Dessa forma, a vencedora poderia colocar equipamentos desnecessários já que recebe por controlador instalado. Além disso, o ministro ressalta que o Dnit publicou duas erratas que alteraram o edital e o prazo para entrega das propostas não foi alterado.

 

Posts Recentes